top of page

NOTÍCIAS DA ARTE REAL | RAIMUNDO COLARES RIBEIRO

LIVROS & ESCRITORES

DIRETORIA PROVISÓRIA PARA A ACADEMIA AMAZONENSE MAÇÔNICA DE LETRAS


Fundada em 1º de fevereiro de 1980, a Academia Amazonense Maçônica de Letras reuniu-se no dia 19 de abril de 2002, e, na ocasião, elegeu sua diretoria provisória, tendo esta se comprometido a fazer a reorganização do Silogeu Maçônico do Amazonas, num prazo máximo de 90 dias.


Na reunião, estiveram presentes os Irmãos acadêmicos Ananias da Silva Barbosa (eleito presidente), Arnaldo Felisberto Imbiriba da Rocha (vice-presidente), Hailton Luiz Siqueira da Igreja (primeiro secretário), Joaquim Moacir Servalho Gama (segundo secretário), José Francisco Cesário (tesoureiro), Antônio José Souto Loureiro, Aristóteles de Alencar Filho, Humberto Figliuolo, Arlindo Augusto dos Santos Porto, Ruy Alberto Costa Lins e Raimundo Colares Ribeiro.


A reunião da Academia esteve sob o comando do acadêmico Antônio José Souto Loureiro que, em seu discurso inicial, disse também ser importante a criação de um Centro de Estudos Maçônicos.


Apenas para relembrar, a primeira diretoria da Academia Amazonense Maçônica de Letras, eleita logo após sua fundação, era constituída dos seguintes Irmãos acadêmicos: Robério dos Santos Pereira Braga (presidente), Jorge Humberto Barreto (vice-presidente), Arlindo Augusto dos Santos Porto (primeiro secretário), Osny Tavares de Araújo (segundo secretário), Humberto Figliuolo (tesoureiro), Antônio Osman de Andrade Neto (bibliotecário).


BIBLIOTECA RAIMUNDO COLARES RIBEIRO

Transcrito do livro NOTÍCIAS DA ARTE REAL, de Raimundo Colares Ribeiro, Imprensa Oficial do Estado do Amazonas, Manaus, Amazonas, 2003, página 53.

Comments


bottom of page